76ª Caminhada dos Carolas 26.09.2009-(Ruta Mina das Sombras / Vilameá (España)

 

Sombras
As Sombras adquiriram uma grande fama devido às suas minas de volfrâmio (filões de quartzo com volfrâmita negra) que se exploraram intensamente durante a II Guerra Mundial, devido à sua escassez e elevado preço. Este metal era muito importante para o endurecimento do aço utilizado na blindagem anti aérea. Nesta altura, uma grande quantidade de trabalhadores deslocou-se em busca do apreciado metal. A mina das Sombras converteu-se numa espécie de El Dorado. Ainda se podem ver o posto da guarda e as rudimentares casas utilizadas durante a exploração das minas. São os restos dos sonhos e da riqueza abandonados. Outros minerais que se podem encontrar nas Sombras são a molibdénio e o berílio de cor vermelho azulado, sem esquecer a exploração do ouro que fizeram os romanos nestas serras.
 
Testemunha de Manuel Vázquez Rodríguez (Lovios) falando do ano 1951: “cando extraiamos o mineral por libre, nas Sombras, cun martelo, saían anacos que pesaban moito, e metiámolos en saquetas de 20-30 kilos, e baixabámolo ás costas ou en burros até Vilameá, onde o gardabamos nunha granxa até que se negociaba. Había moitos carabineiros vixiando, polo que un de nós tiña que facer garda, e con diñeiro recaudado polo mineral pagábaselle un xornal proporcional entre todos.
Moitas veces baixabamos sen nada. Na compañía gañabamos 14 pesetas e traballabamos oito horas, anque moitas veces aproveitáronse de nós e traballamos de sol a sol, e como daquela no se podía protestar, se no xa sabías o que che pasaba. En ocasións obrigáronnos a levar sacos de mineral para os Carrís que intercambiamos por bidóns de gasoil que viñan ás costas.”’


 
                                                                                                                                                            
Aí está a nossa 76ª Caminhada dos Carolas, a realizar no próximo dia 26 de Setembro de 2009. O local da concentração será como de costume junto ás instalações da Ambar, na Zona Industrial do Porto, ás 7:00h. A saída será ás 7:30h.  Devem trazer um calçado ( tipo bota *), com piso de borracha e bem ajustado ao pé. O almoço será a meio do percurso, como tal é para levar a mochila ás costas. O local não é muito aprazível, no que respeita a sombras. Aconselho a trazer fato de banho. Tragam água suficiente, por causa do possível calor. Como de costume, depois da foto do grupo e entregas das lembranças, regressaremos a casa.
 
(*) Nota: Em relação ao calçado, é importante ser uma boa bota, pois o piso é muito semelhante (pedra solta) ao do nosso dos Carris. Assim sendo, quanto mais protegido forem os pés, melhor.
 
Atenção: Mais uma vez apelamos, dentro dos possíveis,  ao cumprimento dos horários, pois desde o Porto até Vilameá (Espanha), são 160Kms e quase 2 horas de carro. É só fazer um pequeno esforço e boa vontade.
 
 
Características do percurso:
 
- Linear, com aprox. 13,5Kms. (ida e volta) com uma duração de aprox. 6 horas.
 - Nível de dificuldade: Moderado / Alto (apenas pelas características do piso)
 - Início e Final: Vilameá (passando pelas Minas das Sombras e regresso pelo mesmo trilho.
 
 
Inscrição / Participação na Actividade: Cada Carola deverá pagar (5 carolas) pela sua participação. Ficam isentos os Carolas até aos 18 anos.
 
ITINERÁRIO: Saída da Ambar em direcção à rotunda AEP > Seguindo pela A28 em direcção a Viana do Castelo > Depois de atravessarmos a ponte de Viana continuamos, seguindo pela A27 em direcção a Arcos de Valdevez > seguindo em frente pela IC28 > Saída para a EN 203 Lindoso até à fronteira > Continuamos pela Estrada OU540 (España) em direcção à Portela do Homem > Fondevila > Vilameá (local onde daremos início á nossa caminhada).
 
Aviso muito importante:  Quem não quiser vir ter à Ambar, poderá esperar por nós na área de serviço de Viana do Castelo (Cepsa). Quem optar por esta alternativa deverá avisar-nos atempadamente. Vamos tentar sair da área de serviço ás 8:30H. Portanto quando chegarem ás respectivas áreas de serviço, tomem o café da manhã logo que possível que é para não perdermos muito tempo. Devem estar nesta área de serviço de acordo com o nosso horário de saída do Porto.
 
 
 
AVISO: SE QUISEREM TRAZER UM AMIGO (A), FAÇAM-NO, MAS TENTEM EXPLICAR-LHES DO QUE SE TRATA, NO SENTIDO DE FICAREM SENSIBILIZADAS, PARA A SUA CONDIÇÃO FÍSICA.
 
 
 
 
Contactos:
Alfredo Paiva
Telemóvel 96 257 27 28 – 91 831 26 80 - e-mail: alfredo.paiva@ambar.pt
Alfredo Barbosa
Telemóvel 93 443 17 65 – e-mail: sontec@sapo.pt
oscarolas.blogs.sapo.pt
publicado por Os Carolas às 22:04 link do post | comentar | favorito