Carolas

124 ª Caminhada dos Carolas - Vereda do Pastor (Vale de Cambra -Freita) 10 Km ----- 12 - 09 - 2014

Segunda-feira, 28.02.11

Carvalhais

Viva

 

Ainda antes das fotos vou partilhar um comentario que nos chegou via mail do nosso amigo Luis....

 

Obrigado Luis Espassandim.......

 

 

 

Olá Alfredos!

 

 

 

Estou aqui com uma "gancheta" ainda meio empenada depois de mais uma jornada de Carolas mas gostaria de partilhar convosco algumas impressões depois de um tão interessante dia de viagem e de caminhada.

 

 

 

Em primeiro lugar devo dizer que Os Carolas estão de parabéns pelo tremendo sucesso de mais esta iniciativa. Não participei em muitas caminhadas mas esta, pela capacidade organizativa, de mobilização de tantas pessoas, de gestão de expectativas e de liderança de grupos, estará na minha opinião, no rol das mais bem sucedidas em que pude estar presente. De facto, acho que não podia haver melhor forma começar mais um ano de actividades.

 

 

 

Andei, de acordo com o ritmo do caminho, em vários pontos da longa linha de participantes e percebi que, de facto, sendo um grupo tão heterogéneo e havendo vários "micro-grupos" há um sentimento comum de pertença que fazem deste projecto algo de tão singular.

 

 

 

Como amostra deste clima saudável que observei, ficam alguns apontamentos:

 

 

 

1) A entreajuda com um carola que ficou sem as solas das botas;

 

2) O apoio a uma carola que perto do final da caminhada teve câimbras;

 

3) A determinação e exemplo na caminhada por parte de pessoas mais velhas, das quais nunca ouvi queixume;

 

4) As preocupações expressas no caminho em palavras breves, com o evoluir do trajeto e com as dificuldades de cada um;

 

5) A troca de ideias, de outras experiências e de projetos que não cabe aqui emunerar;

 

6) A partilha de iguarias durante o almoço por pessoas que mal conhecia e que espontaneamente se aproximaram da mesa onde me encontrava;

 

7) A camaradagem na travessia de um riacho;

 

8) Um simples pormenor de uma toalhita aromática e refrescante que me foi oferecida por um carola com o qual nunca tinha falado.

 

 

 

Exemplos não faltam.

 

 

 

Em segundo lugar a constatação de que há muitas pessoas novas. Não há que temer, como já ouvi, a renovação do grupo e a perda de alguma identidade. Quem participa de novo, regra geral, irá transmitir aos seus amigos, aos seus contactos, um determinado conceito e modelo daquilo que são Os carolas. É o que me parece! E quanto a isso já se sabe: "member get member". É isso que permite a permanente renovação do projeto e a sua vitalidade.

 

 

 

Em terceiro lugar, o número crescente de participantes talvez tenha explicação naquilo que são as preocupações actuais por uma vida mais saudável e essas vão continuar a aumentar, garantidamente, nos próximos tempos.

 

 

 

Tenho por outro lado a clara sensação de que a divulgação do grupo para novos membros se faz mais por via das redes sociais do que por meio do próprio blog. É uma realidade a explorar, digo eu, que nem sou (assumidamente) utilizador de perfil no Facebook. Mas acredito que muitos dos que acabam de chegar conheceu Os Carolas através de um amigo ou de um amigo de um amigo e que ouviu falar ou já participou em alguma caminhada e que esse conhecimento se faz cada vez mais em rede. Ainda ontem ouvia alguém que participava pela primeira vez, a dizer, que já conhecia três ou quatro pessoas da rede social.

 

 

 

A única preocupação séria que acredito que de facto se pode vir a colocar, a prazo, é a gestão do crescimento do número de participantes que pode colocar dificuldades logísticas importantes. Mas ao contrário do que se possa pensar, o fato dos brindes não terem chegado ontem para todos, não constituiu nem deve constituir para a grande maioria, qualquer foco de conflito. Pelo contrário, abdicar do "brinde" naquele momento, por parte dos mais velhos, deve representar o reforço de laços de identidade. Algo quase tribal. Excepções e pessoas melindradas não passam de isso mesmo e existirão sempre. A gestão da situação foi, na minha opinião, totalmente correcta.

 

 

 

Em quarto e último lugar, ouvi também alguém ontem a dizer que a coisa poderia evoluir para algo "mais profissional". Não uma crítica: pelo contrário, antes o reconhecimento de que os organizadores têm know-how e experiência para organizarem algo mais comercial. Francamente nem quero opinar…Mas sei seguramente, que quem lidera Os Carolas tem os "pés bem assentes na terra", demonstrando um grande bom senso e uma boa complementaridade na gestão. É o que torna a coisa credível e que permite que alguém esteja um, dois, ou três anos ausente das caminhadas (ainda ontem testemunhei um exemplo desses) e que regresse sem que possa recear aquilo que vai novamente encontrar.

 

 

 

Nunca será possível, nem desejável, agradar a todos mas acredito que ontem muitos terão regressado a casa a pensar já na próxima caminhada.

 

 

 

Desculpem a franqueza dos meus comentários e bem hajam!

 

 

 

Um abraço!

 

 

 

Luis

publicado por Os Carolas às 13:32 link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 18.02.11

88ª Caminhada dos Carolas 26.02.2011--Rota da Cárcoda / S. Pedro do Sul

 

 

 

Situado na localidade de Carvalhais, este percurso vai-nos proporcionar raros momentos de beleza paisagística. Iremos encontrar uma região rica em flora, onde predominam os carvalhos alvarinho e negral. Poderemos ainda encontrar, corvos, pica-paus, cucos e outras espécies de aves. Neste percurso iremos também passar por um núcleo de moínhos de água, ao longo da margem da Ribeira da Contença, com cascatas de água fenomenais.

 

 

Eis então, a nossa 88ª Caminhada dos Carolas, a realizar no próximo dia 26 de Fevereiro de 2011. O local da concentração será como de costume, junto à Ambar, ás

 

7:00h, para sairmos ás 7:30h SEM FALTA. Devem trazer um calçado confortável, bem ajustado ao pé. Roupa leve e confortável. Não esquecer o chapéu e água e pelo sim pelo não trazer também uma capa para a chuva (poncho), pois não sabemos o que o tempo nos pode reservar. Quanto ao almoço, este será no parque de merendas de Pisão. Um parque com condições invejáveis..

Como de costume, depois da foto do grupo e entregas das lembranças, regressaremos a casa.

 

 

Atenção: Mais uma vez apelamos, dentro dos possíveis, ao cumprimento dos horários, para que tudo corra pelo melhor. É só fazer um pequeno esforço e boa vontade.

 

 

Características do percurso:

 

-Início e fim do percurso : Carvalhais

 

-Circular, com +- 14,6Kms., com uma duração de aprox. 5 horas.

 

-Nível de dificuldade : Médio (acessível a todos)

 

-Desníveis : Medianamente acentuados.

 

 

Inscrição / Participação na Actividade: Cada Carola deverá pagar (5 carolas) pela sua participação. Ficam isentos os Carolas até aos 18 anos.

 

 

ITINERÁRIO: AMBAR > VCI em direcção à A1 (portagem dos Carvalhos). Continuando no sentido ao Sul, iremos parar na área de serviço de Antuã (Repsol), para o café da manhã. Depois do café continuamos em frente rumo ao sul até à saída para a A25 AVEIRO/VISEU. Depois da portagem viramos em direcção à A25 GUARDA/VISEU. Continuamos então pela A25 e vamos sair na saída 13 VOUZELA/S. PEDRO DO SUL. Depois desta saída seguiremos rumo ás Termos de S. Pedro do Sul. Chegados ás Termas, seguiremos em direcção BAIÕES / SERRAZES > ALTO BARRO / CARVALHAIS > STA. CRUZ DA TRAPA > BIOPARQUE > CARVALHAIS (junto à igreja local) fim do itinerário.

 

 

Nota importante: Quem quiser ir ter à área de serviço de Antuã (Repsol), deve lá estar a partir das 8:00h. A saída de lá será entre as 8:45h e as 9:00h. Informar caso optem por esta decisão.

 

 

Nota 1: É importante que consigamos o menor número de carros na rua, para melhor podermos controlar as situações. Quero dizer com isto, que o ideal será formarem grupos e fazerem a chamada "vaquinha".

 

 

Nota 3: Seguro: Informámos que continuamos a estudar a melhor proposta, quanto a este tema, e que enquanto não tivermos esta questão resolvida, as nossas caminhadas não estão a coberto de qualquer seguro. Como tal, a participação de cada um, é da sua inteira responsabilidade.

 

 

AVISO: SE QUISEREM TRAZER UM AMIGO (A), FAÇAM-NO, MAS TENTEM EXPLICAR-LHES DO QUE SE TRATA, NO SENTIDO DE FICAREM SENSIBILIZADAS, PARA A SUA CONDIÇÃO FÍSICA.

 

Contactos:

 

Alfredo Paiva

 

Telemóvel 96 257 27 28 – 91 831 26 80 - e-mail: alfredo.paiva57@gmail.com

 

Alfredo Barbosa

 

Telemóvel 93 443 17 65 – e-mail:sontec@sapo.pt 

 

 

 

 

 

 
publicado por Os Carolas às 13:01 link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 14.02.11

Rota da Cárcoda -Reconhecimento

Bom Dia

 

Aqui estão algumas fotos do nosso  reconhecimento

 

Percurso fantastico....

 

 

 

publicado por Os Carolas às 09:17 link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 04.02.11

Almoço 2010 - Povoa do Varzim

Bom dia

 

Aqui estao algumas fotos do nosso ultimo almoço convivio realizado na Povoa "do" Varzim......

Fotos by Aureliano

Espero que gostem

 

 

 

publicado por Os Carolas às 08:05 link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Terça-feira, 01.02.11

Rota da Cárcoda -26 de Fevereiro

 
 
Pr3 – Rota da Cárcoda – S. Pedro do Sul
 
Características do percurso:
     Partida e chegada: Carvalhais
     Âmbito: Paisagístico, cultural e desportivo
     Tipo de percurso: Por caminhos tradicionais, alguns rurais e florestais.
     Distância a percorrer: 14,6 km
     Nível de dificuldade: Médio, acessível a todos.
     Desníveis: Mediamente acentuados.
     Época aconselhada: Todo o ano.
 
"O percurso inicia-se num arboreto constituído por carvalho alvarinho e negral, junto à Igreja de Carvalhais. Segue para a povoação de Roçadas, onde encontramos a capela de Nª Srª do Resgate, pertencente à Quinta das Roçadas. Daqui partimos em direcção ao Castro da Cárcoda.
Logo após, descemos até ao Bioparque de S. Pedro do Sul, onde podemos encontrar um parque de merendas, parque infantil, piscinas, e outras infra-estruturas de lazer e recreio. Deste ponto, e quem quiser, pode seguir por um estradão florestal que permite circundar uma parte da Serra da Arada.
Saindo do Bioparque, enveredamos em direcção á aldeia do Pisão, até ao ponto de partida em carvalhais, sem antes passar pelo Caminho das Rãs, com os seus moinhos de água em ruínas, ao longo da margem da Ribeira da Contença.
 

publicado por Os Carolas às 08:25 link do post | comentar | favorito

pesquisar

 

Fevereiro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
15
16
17
19
20
21
22
23
24
25
26
27

últ. comentários